O dia em que eu decidi ser uma pessoa melhor

empty-space

Não é a manhã que traz o incentivo para que, daqui em diante, tudo vá de acordo com seu senso de propósito. É a tarde. Acordar quando boa parte do resto do mundo já está correndo atrás do seu. Ligar o GTA San Andreas e pensar “Meu deus, até o CJ está indo atrás do seu e eu aqui, desperdiçando minha vida”.

Situações extremas te compelem a tentar ser uma pessoa melhor.

É hora de deixar de frescura e ir de cabeça. Aliviar a culpa. Chegar cedo. Zerar as pendências. Resolver aquela questão que há muito tempo você está arrastando. Melhorar. Ser uma pessoa melhor. Pegar todas as oito categorias da sua vida pessoal e dar um empurrão massivo através de um plano de ação massivo.

Se chega ao ponto fazê-lo, aquela sensação viscosa dentro de você parece que não mexeu um centímetro. Então, de volta ao GTA vespertino.

O princípio da Karma Yoga diz: você tem todo o direito de agir, mas nenhum direito sobre os frutos das suas ações.

Melhorar o quê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *