O Swami, o Nerd, o Militante, o Evangélico e o Servidor Público

687px-mona_lisa_by_leonardo_da_vinci_from_c2rmf_retouched

Mal se poderia chamar aquilo de uma sala. As janelas quase tocavam o teto, chapadas e subdivididas em quadradinhos. A parede era cinza-escuro e vascularizada por infiltrações. Era como se a parede tivesse peste bubônica.  Seis cadeiras amarelas, daquelas de bar,  dispunham-se em círculo no centro. Cinco pessoas transitavam entre olhar com franzidas de cenho para os demais e para o panfleto que cada uma tinha em mãos.

A primeira, às 12 horas do círculo, era uma mulher de camiseta roxa com estampa amarela – uma mistura entre uma roda asteca e uma Shiva com cara de Ganesha – e brincos de penas.

A segunda, seguindo o sentido horário, era um rapaz de óculos de armação grossa e camiseta do Iron Maiden.

A terceira era um rapaz gordinho-bombadinho de camisa pólo azul-royal.

A quarta era uma moça de saia preta até os joelhos e brincos de argolas douradas, com o cabelo descolorido em luzes mais claras que a própria pele.

A quinta era um homem de terno e gravata, com um crachá de fita verde enfiado no bolso da camisa.

Moça de camiseta roxa: “Vocês vieram para o encontro?”

Os outros aquiesceram, menos o moleque de camiseta do Iron Maiden.

Moça de saia preta: “Desculpa, mas vocês não tão parecendo que são do ministério.”

Moço de terno: “No panfleto aqui tá dizendo: rua Scifo Enzo 602, 19h, 22/05. É aqui.”

Moça de camiseta roxa: “No meu também.”

Moço de óculos: “Eu não sou de ministério nenhum não.”

Moça de saia preta: “Vixi.”

Moço de camisa pólo: “Deixa eu dar uma olhada no seu”, disse para o moço de óculos. “Opa, não é o mesmo não. Ó, tá marcado pro mesmo dia e o mesmo horário e…deixa eu ver…o mesmo lugar, mas num é o mesmo não.”

Aos poucos, foram trocando os panfletos, verificando que eventos diferentes haviam sido anunciados como o mesmo. Ou que o mesmo evento havia sido anunciado com títulos diferentes.

Panfleto da moça de camiseta roxa: Cultura pop, mudança social, religiosidade e governo na construção de uma consciência unificada para o despertar espiritual. Palestra de Sri Abnavaguptha.

Panfleto do moço de óculos: Misticismo, política, religião e governo nos jogos de RPG. Palestra de Adriano Giutti, do canal Nerdmania.

Panfleto do moço de camisa pólo: Movimento New Age, Cultura Nerd, Neopentecostalismo e Funcionalismo Público na formação de uma sociedade corrupta e despida de valores. Palestra de Jorge Monsanto, conselheiro da Aipec.

Panfleto da moça de saia preta: Yoga, Senhor dos Anéis, Manifestações e Cargos Comissionados como armas de satanás para corromper os jovens. Palestra do Pastor Everaldo Basílio.

Panfleto do moço de terno: Meditação, Consumo Cultural, Participação Social e Fé como ferramentas para a mente concurseira. Palestra do prof. Edgard Vilela, diretor do Vai-Concursos.

Cada panfleto era constrangedor para o outro, e cada constrangimento criava raiva do outro. Antes que tudo fosse pelos ares, uma sexta pessoa surgiu do fundo da sala. O homem vestia camiseta branca e calça jeans, e trazia um livro amarelo embaixo do braço. A pele avermelhada, os olhos puxados e o cabelo liso e negro denunciavam sua ascendência indígena.

“Caros amigos, antes que vão embora daqui, deixe-me explicar. Meu nome é Pedro Rodrigues, e eu escrevi este livro.” Ergueu o volume amarelo. “Lara Peçanha, swami, nerd, militante, evangélica e funcionária pública. Esse é o nome dele. É a história de uma moça que cresceu no interior do Mato Grosso do Sul e parte em busca do significado da vida. Custa apenas 17,90, preço da primeira tiragem. Se puderem levar um ou dois, pelo menos para ver se algum de seus colegas se interessam, ficaria muito grato.”

Os presentes se ajoelharam entre lágrimas, num abraço coletivo. Juraram que, dali em diante, suas vidas seriam dedicadas a vender o livro do sujeito que os ludibriara.

Pedro Rodrigues não entendeu porra nenhuma.

2 thoughts on “O Swami, o Nerd, o Militante, o Evangélico e o Servidor Público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *