Alpinista

alpinista

Só há dois caminhos possíveis: subir ou descer. Não há como ficar no meio. Uma hora o nó irá afrouxar, o tempo piorar, o cansaço se abater, os recursos acabar e a descida será inevitável, por vezes violenta.

Nenhum alpinista deseja descer sem antes ter chegado ao topo. O problema é que chegar ao topo requer trabalho. Ficar no mesmo lugar, na verdade, requer mais trabalho ainda, mas há a impressão que tudo que se deve fazer é ficar parado.

O problema real é que chegar ao topo requer deixar um pouco da bagagem para trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *