Businessmen Going Around in Circles --- Image by © Paul Hardy/Corbis

Aquilo que queremos ouvir

Se você procurar pela solução para os seus problemas, será inundado por propostas que ignoram o óbvio, cujo preço é leve, com o mínimo de sofrimento, mais conhecidas como “aquilo que queremos ouvir”. Aquilo que queremos ouvir cria, por um lado, preguiça, e, pelo outro, impaciência, sustentados por um perfeccionismo que nos freia. Objetivos espetaculares que não firam ou ameacem nossa criança interior ou as estruturas básicas de nossa vida, …

planetas habitáveis e visigodos

Planetas Habitáveis e Visigodos

Como não se sentir afetado pela descoberta de planetas rochosos supostamente habitáveis? Houve um tempo que a exploração geográfica era a responsável por incitar a imaginação. As terras selvagens da América, o interior da África, as ilhas desconhecidas, o continente perdido da Antártica.  Edgar Rice Burroughs fez uma carreira inteira em cima disso. Quando os horizontes de exploração da Terra terminaram, a exploração interplanetária parecia um passo lógico. A colonização …

desistir

Sobre a Desistência

Às vezes eu tenho impressão de que tem alguma coisa ali por trás que eu me recuso a ver. Às vezes tenho a impressão de que sou pauta de discussão no tópico “como não viver sua vida”. Talvez essa seja a razão. É provável que essa seja a razão. Se eu estivesse observando a mim mesmo anos atrás, diria isso. Esse cara não vai para lugar nenhum enquanto continuar se …

morte 1

Sobre a Morte

Se eu morri, é porque em algum momento eu estive vivo. Uma coisa que não esteve viva em primeiro lugar não estará morta quando acabar. O que dá mais medo da morte são as coisas que a gente tem em vida que não vai ter mais depois que morrer. E como a gente mede o quanto a gente viveu? Pegue todas as experiências que você teve que você considera boas …

o mau discípulo

O Mau Discípulo

Você pode até argumentar, e com razão, que a sinuca é um esporte sério, com competições internacionais transmitidas por canais esportivos, rankings, premiações e ídolos. Entretanto, para nós, mortais, as coisas que cercam a sinuca são cerveja, fumaça, música alta, de preferência rock’n roll e horas pouco ilustres da noite. Encontrar os amigos, falar merda, azarar as minas, empreender pequenos duelos de virilidade na mesa. Na minha primeira tacada, meu …

prosa modernista

Exercício de Prosa Modernista

Tentarei fazer cinco coisas ao mesmo tempo. Uma delas é um exercício que a persona virtual que o sugeriu chama de prosa modernista, que será realizado neste editor de texto de uma forma bem displicente. A segunda é olhar para objetos do meu quarto. A terceira é navegar por duas redes sociais ao mesmo tempo. A quarta será ler trechos de O Processo, de Franz Kafka. A quinta será respirar …

os deuses de neil gaiman

Os deuses de Neil Gaiman

O que se fala muito é da ideia. Deuses modernos embasados em adorações dos americanos contemporâneos. A demonstração do virtuosismo mitológico. O que se fala pouco é como tudo isso é trazido para o mundano, o que se come, o que se bebe, os truques com moedas, a roupa que estava muito curta aqui e muito comprida ali. O leprachaun bêbado de final e a funerária comandada por dois deuses …

acima da mente

Acima da mente

A mente vaga por onde ela mesma manda, com uma eventual repressão para cerceá-la. A repressão é grande, a pressão que ebule desde dentro é maior ainda. Para, fecha os olhos, respira, e com a sorte de não ser interrompido por algum tipo maluco de mantra ou alguma noção de que o objetivo é elevar as vibrações ou alguma noção frágil dessas, a mente aparece. Um pouco dela. Nossa, como …

PAra além de orcs e elfos

Para além de orcs e elfos

Primeiro, nós aprendemos as formas, a mimetizar, um modo de agir ritualístico no qual tentamos imitar o mais fielmente possível aquilo que nos inspira a agir. A reviravolta que a Terra-Média causou, especialmente nos anos 60, capturou mentes que nutriam o desejo por criar literatura fantástica – inspirados originalmente pelas narrativas mitológicas, medievalismo, autores como Robert E. Howard e a geração pulp – e as ofereceu um modelo que funcionava. …

superstição

Superstições

Um gato preto passou na calçada à minha frente, escondendo-se embaixo de um carro. Tenho orgulho do meu ceticismo, mas minha mente se acelera do mesmo jeito. No sonho, o carro perde o controle, sai da ponte e quase flutua em direção ao rio abaixo. Tenho tempo suficiente para me dar conta do que está acontecendo, ao contrário do que aconteceria na vida real. Já é a segunda vez que …

Sobre a Escravidão

Sobre a escravidão

A necessidade de se sentir bem o tempo todo nos persegue como um fantasma silencioso, oculto por camadas de retórica pinçada de cem fontes que nos fazem parecer caminhar em cima do muro do bom senso. Nem sempre foi assim e nem sempre é assim. Na verdade, com a maior parte das pessoas do planeta hoje não é assim. Eu falo da questão da retórica, porque sentir-se bem o tempo …

full-body

Puxando Ferro

Vai chover, eu sei que vai. Se não começar a chover antes de eu estar com o pé no cimento, vai mesmo assim. A chuva começa a cair. Agora é questão de ficar de olho no céu para ver se não cai um raio, porque daí é preju. Também é melhor evitar a barra mais alta, que fica parecendo um sabonete quando chove desse tanto. E como chove. Chove tanto …

pirâmide dos desejos humanos

A Pirâmide dos Desejos Humanos

Primeiro foi o cachorro. Era um buldogue americano linhagem Johnson, branco com aquelas pintas cinzentas. Estava preso numa corrente que estava presa num arame. Corria para lá e para cá, e nós corremos dele. Me empurraram para perto, porque eu era o que tinha mais medo, e ele latiu. Eu juro que o tempo parou no terceiro latido e eu vi dentro da boca dele uma escuridão indecifrável, o buraco …

medo do sucesso

Medo do Sucesso

O que dá mais medo do que saber que um milhão de pessoas estarão se atentando a cada palavra que você diz em tempo real? E se você engasgar, der aquela espirrada-canhão bem no microfone? Você conseguirá viver por uma década como o-cara-que-batizou-a-própria-camiseta-no-horário-nobre? Anos se especializando em seduzir top-models, até dando cursos disso, e ele finalmente consegue achar uma que compartilha seu amor por futebol americano canadense e música andina. …

escolha

Escolha

Todos os dias quando acordo tenho que fazer uma escolha. Essa escolha pode soar bonita, mas tente fazê-la todos os dias por anos. Claro que no final vale a pena. O problema é o meio. “Os cientistas descobriram o que os sábios já sabiam há milênios: a matéria não existe. A crença aristotélica da substância leva as pessoas ao que chamo de dicotomia medo-ganância, onde as pessoas, em seu desespero …