Uma Oração Para Bons Entendedores

oração

A mão que cura é a mão que segura a espada. Os olhos que veem são os olhos abertos o bastante para observarem as feridas se expandindo e cicatrizando. Acima de cada um está aquilo da qual todas as coisas procedem. Não há pior crime do que mutilar a liberdade para escolher. Não há poder mais devastador do que a liberdade para escolher.

Eu não perdoarei meus inimigos, pois a guerra é a única cura. Eu não esquecerei meus amigos enquanto eles lutarem por mim, e assim eu lutarei por eles. Todos os nós que foram atados em mim transformaram-se em suportes para minha própria escalada. Eu não temo a dor, e isso me faz invencível.

Olho para a luz que ilumina a luz e lá está a resposta silenciosa, aquela que faz naufragar todos os demônios que foram postos em meu encalço.

Você, emissário da doença, escondido em sua cova, para sempre impedido de sair, eu nunca me esquecerei de você. Minha lista apenas cresce, e sempre haverá um lugar especial onde anotarei teus pecados. Você pode enganar quem quiser, mas eu já vi o olho torto do sofrimento e sua tosse escarrada está tatuada nas minhas memórias. Não há coisa feia que eu não tenha visto. Eu não temo a dor, por isso nenhuma palavra irá me aprisionar.

Estendo bençãos a todos meus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *