Pássaro Gordo

passaro gordo

O pássaro gordo, na calada da noite, deixou um ovo seu no ninho alheio e uma mensagem para o feto dentro dele. O filhote do pássaro gordo foi chocado com outro ovo, sabendo de sua história. Não teve timidez em abocanhar as melhores jantas que lhe eram trazidas pelos pais adotivos, cegos pelo amor. O seu irmão adotivo cresceu magro, sempre ouvindo escárnios durante a noite sobre seu tamanho, sobre sua incapacidade de lutar pelo que era seu. O pássaro gordo estufava o peito azul-petróleo e ria para o irmãozinho, que colhia as migalhas no fundo do ninho.

Certo dia, os pais não vieram mais, e os dois esperaram na chuva. Quando o sol raiou, o pássaro gordo estava faminto e entediado. Começou a reclamar dos pais adotivos. Seu irmão, calado como sempre, foi à beira do ninho, abriu as asas e voou. O pássaro gordo, sem saber o que fazer, piou até os gatos da vizinhança irem até ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *